Trump diz que príncipe saudita prometeu investigação ‘completa’ por caso Khashoggi

 

O presidente americano, Donald Trump, declarou nesta terça-feira (16) que o príncipe saudita Mohamed bin Salman negou ter conhecimento do que aconteceu no consulado da Arábia Saudita em Istambul no dia em que o jornalista Jamal Khashoggi desapareceu, e que ele prometeu uma

“Acabei de falar com o príncipe herdeiro da Arábia Saudita e ele nega totalmente ter conhecimento do que aconteceu no consulado” na Turquia, escreveu Trump no Twitter, assegurando que Mohamed bin Salman lhe prometeu uma investigação sobre o caso.

“Ele me disse que já começaram, que vão avançar rapidamente até uma investigação completa e total sobre esta questão. As respostas estarão disponíveis em breve”, acrescentou.

Khashoggi, um jornalista crítico com o poder de Riad, compareceu no consulado da Arábia Saudita em Istambul em 2 de outubro, e nunca mais se soube dele.

Trump enviou o secretário de Estado, Mike Pompeo, a Riad para conversar com as autoridades do reino, respondendo às pressões do Congresso e dos meios de comunicação dos Estados Unidos.

Fontes turcas afirmam que o jornalista foi assassinado no consulado e esquartejado, enquanto Riad assegura que Khashoggi saiu do edifício.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *