Tire suas dúvidas sobre aparelho ortodôntico

Oi gente, mas Oi Mesmo! Tudo bem? Há mais ou menos um mês, coloquei aparelho. Usava quando tinha 15 anos, só que tirei antes do tempo e não usei o móvel. Consequentemente, os dentes entortaram de novo. Eu não ia colocar por agora, mas achei uma clínica maravilhosa, Gou – Clínica de Odontologia, que me deu todo suporte, então a decisão foi arrumar esse sorriso. Para que esperar, não é mesmo?

CAPA APARELHO

Para quem não gostava muito das borrachinhas, agora a ortodontia oferece o aparelho autoligado. Com um tempo menor, sem dor e com uma estética mais bonita.

A expectativa é grande, quero logo poder tirar foto com um sorriso bonito no rosto. E para isso estou usando o modelo “autoligado” que acelera o processo. A Gou é uma franquia que existe em todo no país. É uma empresa séria com profissionais qualificados como o doutor Ricardo Cunha Masson, que me concedeu essa entrevista. Então borá saber mais sobre o aparelho ortodôntico.

Doutor Ricardo qual é a idade recomendada a utilizar aparelho, isso altera no decorrer dos anos? Pode-se fazer um diagnostico por volta dos 6, 7 anos de idade, caso o problema seja na parte esquelética, muscular ou hábitos errados. Pessoas mais velhas também podem realizar tratamento ortodôntico. Contudo quanto mais cedo iniciar o tratamento melhor será o resultado final.

Quais os casos o aparelho é indicado? Além da estética seu uso ajuda a diminuir dores de cabeça, ouvido e até ronco. Não é só um questão de dentes tortos, mas os benefícios proporcionados pela correção são quanto a mastigação que preveni problemas estomacais e digestivos, crises de labirintite, enxaqueca, fala e respiração.

É grande o número de pessoas com desvio nos dentes? Por que isso acontece? É muito grande o número de pessoas que tem os dentes tortos, isso se deve a miscigenação da população.

Usar aparelho dói? Quais as dificuldades? Usar aparelho não dói, o que pode ocorrer, em alguns pacientes, é um certo incomodo no início, mas em poucas horas isso desaparece. Além do mais, hoje, contamos com aplicação de laser que evita e diminui os sintomas.

bf768f60-f82c-42a7-bde0-e5d683e1a069

Dr. Ricardo Cunha Masson, CRO GO 13811

Quais os cuidados deve-se ter com o aparelho ? Os cuidados com limpeza e higienização é muito simples, existem tipos específicos de escovas e fios dentais para limpar todas as áreas da boca, além do uso de enxaguantes para auxiliar. O paciente deve priorizar alimentos moles e no caso de duros, deve mastigar com bastante cuidado e em partes pequenas.

O aparelho deixa o dente amarelo e possibilita cáries? O que deixa os dentes amarelados é a falta de escovação. Quem usa aparelho deve escovar os dentes pelo menos cinco vezes ao dia, e dormir sempre com os dentes limpos. Também é ótimo escovar a língua, e para isso há escovadores apropriados.

Existem vários modelos de aparelhos? Qual a média do tratamento?  Tem os metálicos, estéticos de porcelana e estéticos de safira.  Dentre eles não há diferença em relação ao tratamento. Porém existem pessoas que possuem alergias aos metálicos. Nesse caso podem se usar os estéticos ou outro tipo de metálicos sem níquel. Já o tempo de tratamento depende de cada caso específico.

Na hora de procurar um especialista o que o paciente deve analisar? É possível ter informação junto ao Conselho Regional de Odontologia para saber se o ortodontista é qualificado. Mas a indicação de alguém que você conhece é a melhor opção. Assim, a pessoa fica sabendo o comportamento, o dia a dia do profissional no seu consultório e se o resultado do tratamento é satisfatório.

O Doutor Ricardo atende na Gou, na Av. Xavier de Almeida, 148, Centro, em Anápolis- Go. Telefone: (062) 3318-1640. Instagram: gou_anapolis

Gostaram da entrevista, espero ter esclarecido suas dúvidas e motivado você a cuidar do seu sorriso.

Obrigada por acompanhar o Blog.

Um beijo e até o próximo.

Me siga nas redes sociais:

Instagram: @daniellychavess

Facebook: Danielly Chaves

Twitter: @danielly_chaves

Veja esses outros posts Os benefícios do pilates e 10 lugares imperdíveis para conhecer no Rio de Janeiro

Comentários no Facebook