Médium João de Deus tem prisão preventiva decretada

A Justiça de Goiás acatou o pedido de prisão contra o médium João Teixeira de Faria, de 76 anos, o João de Deus. A petição foi protocolada na última quarta-feira (12) pelos promotores Luciano Miranda Meireles e Patrícia Ottoni Pereira que integram a força-tarefa do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). Desde a última sexta-feira (7), centenas de mulheres afirmam que foram abusadas sexualmente pelo médium dentro da Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, onde João de Deus realiza atendimentos há mais de 40 anos.

O MP-GO diz ainda não ter sido notificado da decisão. No entanto, o POPULAR apurou que forças policiais tentam, desde o início da manhã, localizar o médium para o cumprimento do mandado, mas seu paradeiro ainda é desconhecido.
O número de mulheres que denunciam o médium João de Deus por abuso sexual chegou a 330, até a tarde de ontem. Grande parte das possíveis vítimas entrou em contato com o Ministério Público por meio do canal criado exclusivamente para essa finalidade, o e-mail denuncias@mpgo.mp.

Fonte e Matéria do O Popular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *