Empresa fabricante de lote de fraldas proíbidas pela ANVISA, emite nota de esclarecimento

Um lote de fraldas da marca Ternura e Cegonha, produzida até o último dia (22/10) pela empresa goiana Quimpharma de Anápolis, teve a comercialização proibida, na última terça-feira (4/12) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

A proibição foi publicada na última segunda-feira (3/12) no Diário Oficial da União (DOU). O documento proíbiu a venda da mercadoria, pois a empresa não havia informado a Anvisa sobre a fabricação do produto, o que impossibilitava a fiscalização por parte da agência, que consiste em uma infração sanitária.

No final da tarde desta quarta-feira (05) a empresa Quimpharma de Anápolis, emitiu uma nota oficial esclarecendo a proibição do lote. Segundo a nota, a proibição é apenas para produtos fabricados até 22/10/18, os produtos fabricados a partir desta data estão dentro dos conformes. A proibição da ANVISA é motivada por descumprimento de uma obrigação formal, a de comunicar a agência o início da produção, distribuição  e cormecializacão dos produtos. Essa proibição de um lote não afasta a qualidade dos produtos fabricados pela QUIMPHARMA.

Veja a nota na íntegra


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *