Com três gols de Suárez, Barcelona goleia o Real Madrid por 5 a 1

O Barcelona fez barba, cabelo e bigode no Camp Nou. Apesar de não ter Messi, a equipe sobrou diante do maior rival e aplicou uma goleada de 5 a 1 sobre o Real Madrid. Destaque para a fome de gol de Luis Suárez, que marcou três vezes. Coutinho e Arturo Vidal fizeram os outros dos catalães, enquanto Marcelo descontou para os Merengues. Festa da torcida na arquibancada, que teve até mosaico antes de a bola rolar.

A goleada acentua ainda mais a crise no Real Madrid, que está na modesta nona colocação do Campeonato Espanhol, com apenas 14 pontos. O Barcelona chegou a 21, na liderança da competição.

A derrota deve selar a demissão do técnico Julen Lopetegui, que chegou ao Santiago Bernabéu em junho para substituir Zinedine Zidane, que pediu demissão após a conquista da Liga dos Campeões. O treinador já estava em situação delicada, com campanha pífia no Espanhol, e a tragédia no Camp Nou deve colocar a pá de cal em sua rápida passagem pelo clube.

O JOGO

Só o Barcelona entrou em campo no primeiro tempo. Desarrumado, o Real Madrid viu o rival tocar a bola em busca de espaços. E eles apareciam com grande frequência, uma vez que o setor de meio de campo não estava compacto. Apesar de não terem Messi, lesionado, os catalães sobraram nos 45 minutos e não foram incomodados pelos Merengues.

A prova da superioridade do Barcelona apareceu aos dez minutos, quando Rakitic achou Alba livre pela esquerda, nas costas de Nacho. O lateral cruzou para trás e achou Coutinho na boa para abrir o placar.

Além de ter a bola nos pés (chegou a ter mais de 70% de posse na etapa inicial), o Barcelona pressionava a ineficaz saída de bola do Real. Em um lance, Sergio Ramos saiu jogando errado e entregou nos pés de Arthur. O brasileiro finalizou de fora da área e Courtois fez excelente defesa.

Sem ser ameaçado, o Barcelona permanecia com a bola no campo de ataque. Em jogada na área, Varane derrubou Suárez. O árbitro consultou o VAR e deu pênalti para os catalães. O uruguaio bateu no canto e fez 2 a 0. Foi a primeira vez que a tecnologia do vídeo foi usado no clássico.

Na etapa final, Julen Lopetegui ousou ao lançar Lucas Vázquez no lugar de Varane, passando Nacho para o miolo da zaga. A mudança surtiu efeito, e o Real Madrid passou a atacar, o que não fez no primeiro tempo. Logo com quatro minutos, o até então apagado Isco cruzou e Marcelo diminuiu o marcador. Foi o terceiro gol do lateral nos últimos três jogos dos Blancos.

O Real Madrid teve a chance de empatar, algo que parecia improvável pelo cenário dos primeiros 45 minutos. Sergio Ramos cabeceou tirando tinta, Benzema acertou a trave. A resposta do Barcelona foi na mesma moeda, quando Suárez mandou no poste de Courtois.

Barcelona x Real Madrid
Coutinho abriu o placar para o Barça (Foto: AFP/GABRIEL BOUYS)

A jogada fez o Barcelona acordar novamente na partida. Aos 29, Dembélé, que havia acabado de entrar no lugar de Coutinho, acionou Sergi Roberto na direita. O lateral cruzou na cabeça de Suárez, que fez o terceiro.

A porteira do Real Madrid definitivamente se abriu. Sergio Ramos cortou errado e deu para Sergi Roberto, que acionou Suárez. O uruguaio, com uma bela cavadinha, tocou por cima de Courtois. Hat-trick do atacante. Se estava fácil, virou passeio. Dembélé fez grande jogada e cruzou na cabeça de Arturo Vidal, que havia acabado de entrar. Foi o primeiro gol do chileno pelo clube.

Por pouco, o Barcelona não chegou ao sexto gol. Suárez acertou bonito voleio, que parou nas mãos de Courtois. Festa da torcida no Camp Nou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *