Brasil vence Argentina no sufoco com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico das Américas

 

O Brasil perdeu várias oportunidades, mas venceu a Argentina por 1 a 0 com um gol de Miranda nos acréscimos do segundo tempo. O Superclássico das Américas foi realizado no estádio Rei Abdullah, em Jeddah, na Arábia Saudita, nesta terça-feira (16/10).

Enquanto o técnico Tite escalou praticamente todos seus titulares na equipe brasileira, o treinador interino da seleção albiceleste, Lionel Scaloni, não contou com os astros Messi, Di Maria e Aguero.

Os brasileiros dominaram o primeiro tempo e criaram as melhores chances de gol. Aos 27 do primeiro tempo, o Brasil quase abriu o placar. Miranda recebeu cruzamento na área, dominou e chutou cruzado. A bola passou pelo goleiro Romero, mas o zagueiro Otamendi, quase em cima da linha, salvou de cabeça.

A resposta da Argentina veio três minutos depois. Dybala bateu falta com veneno, e a bola passou por cima do travessão, assustando Alisson.

No segundo tempo, os argentinos melhoraram e levaram um pouco mais de perigo. As melhores oportunidades, porém, seguiram com o Brasil.

Aos 20, Neymar fez grande jogada em arrancada pela esquerda. O camisa 10 chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para Richarlison, que apareceu com liberdade e chutou de primeira. A bola, porém, foi para fora da meta argentina.

A seleção brasileira levou perigo novamente em bola parada, aos 38. No meio da entrada da área, Casemiro cobrou falta e a bola desviou nas costas do zagueiro argentino antes de sair ao lado da meta adversária.

Quando parecia que o Superclássico seria decidido nas penalidades, a seleção brasileira fez o gol da vitória. Aos 47, Neymar cobrou escanteio e Miranda subiu mais alto do que Otamendi. O zagueiro venceu Romero e completou de cabeça para o fundo das redes. Os argentinos reclamaram de falta do brasileiro no lance sobre o defensor do Manchester City.

Agenda

O Brasil voltará a campo em um amistoso contra o Uruguai, no dia 16 de novembro (sexta-feira), às 16h (de Brasília), no Emirates Stadium, em Londres.

No mesmo dia, a Argentina irá encarar o México.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 1 x 0 ARGENTINA
Local: Estádio King Abdullah, em Jedá (Arábia Saudita)
Data: 16 de outubro, terça-feira
Hora: 15h00 (de Brasília)

Árbitro: Felix Brych (ALE)
Assistentes: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)

Cartões amarelos: Neymar e Miranda (Brasil); Paredes, Correa, Lo Celso, Saravia e Battaglia (Argentina)
Gol: BRASIL: Miranda, aos 47 minutos do segundo tempo.

BRASIL: Alisson; Danilo (Fabinho), Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Arthur e Coutinho; Roberto Firmino, Neymar e Gabriel Jesus (Richarlison)
Técnico: Tite

ARGENTINA: Romero; Saravia, Pezzella, Otamendi e Tagliafico (Acuña); Paredes, Battaglia e Lo Celso (Salvio); Dybala (Lautaro Martínez), Icardi (Simeone) e Angel Correa (Pereyra)
Técnico: Lionel Scaloni (interino)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *