Anápolis é a primeira cidade brasileira a receber fábrica estrangeira de armas

O município de Anápolis, região metropolitana de Goiânia, deu, oficialmente, a largada na corrida armamentista no Brasil, e deve começar a produção de armas de fogo ainda em 2019. A empresa goiana DelFire Arms (DFA), fundada pelo empresário Gustavo Daher Delgado, esta concluindo a construção da unidade fabril da DFA no Distrito Agro-Industrial de Anápolis (DAIA), após firmar parceria com uma fabricante de armas da Eslovênia, na Europa. Anápolis é a primeira cidade do Brasil a receber um fabricante estrangeira de armas.

De acordo com o site 1911 Armas de Fogo, que participou da reunião de apresentação da empresa Rex Fire Arms (Arex), da Eslovênia, ocorrida em maio deste ano na Escola Superior de Polícia, da Polícia Civil do Estado de Goiás, todo o corpo das pistolas e dos outros futuros modelos serão fabricados aqui no Brasil, com a excessão dos canos que virão da Arex. Segundo o CEO da companhia, Augusto de Jesus Delgado Júnior, em entrevista ao site Valor Econômico, a produção começa em 2019, no primeiro trimestre. Serão pistolas e rifles, diz o executivo. “A DFA é uma empresa nacional e adquirimos tecnologias de cinco fabricantes do exterior”, conta.

Ainda segundo o CEO, a princípio as armas vão ser fabricadas no calibres 9×19 mm Parabellum, e serão destinadas às forças policiais. De acordo com ele, ainda neste ano as pistolas estarão disponíveis para as corporações que desejarem adquiri-las e para o próximo ano uma versão no calibre 380 ACP será desenvolvida e comercializada exclusivamente para o mercado nacional. A oficialização da parceria entre a DFA e a Arex só aconteceu após a desistência da  Caracal International LLC, dos Emirados Árabes, que quase fechou negócio.

Aproveitando as instalações que já estavam em construção, a DFA começou a buscar um novo parceiro, e após diversos contatos, foi escolhida a Arex. A DFA adquiriu tecnologia da fábrica eslovena e para produzir suas pistolas no Brasil. Com uma fábrica localizada no Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA), a DFA prevê a geração de 600 empregos diretos e de outros 600 indiretos. Atualmente as instalações físicas estão recebendo os últimos ajustes e já esta começando a receber o maquinário e ferramental para produção das armas. Todo o ferramental e maquinário foi importado da Eslovênia com o fim de manter os mesmos métodos de fabricação empregados na Europa.

Fonte e Matéria Diário do Estado

5 comentários em “Anápolis é a primeira cidade brasileira a receber fábrica estrangeira de armas

  • Avatar
    28 de novembro de 2018 em 02:34
    Permalink

    Anápolis é região metropolitana de Goiânia?

    Resposta
  • Avatar
    28 de novembro de 2018 em 09:26
    Permalink

    Corrigir a grafia da palavra exceção.

    Resposta
  • Avatar
    28 de novembro de 2018 em 12:09
    Permalink

    Gostaria de saber sobre as contratações da nova fabrica de armas q ira abrir no DAIA, vcs ja tem informações sobre onde deixar curriculo ou se cadastrar?

    Resposta
  • Avatar
    23 de janeiro de 2019 em 10:28
    Permalink

    Onde posso deixar curriculum ???

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *