Anapolino brilha no UFC e ganha 195 mil de reais como bônus da noite

No sábado, 15, o UFC de Milwaukee não prometia muito. Mas acabou por surpreender com boas lutas e guerreiros, mesmo os que perderam, impressionantes. O goiano de Anápolis Netto BJJ — Joaquim Antônio Magalhães Silva — começou perdendo para o americano Jared Gordon e parecia relativamente cansado (o oponente exigiu muito dele). Mas o peso-leve, que treina em Curitiba, recuperou-se e ganhou a luta.

Não apenas ganhou. Na verdade, venceu de maneira espetacular. Netto BJJ, a partir de certo momento, bateu duríssimo e nocauteou Jared Gordon. Um nocaute dos mais espetaculares. O americano foi nocauteado em pé e, mesmo amparado pelo árbitro, acabou caindo. Desmoronou e demorou a se levantar.

Aos 29 anos, com 1,72m, Netto BJJ deu a volta por cima graças tanto ao seu preparo físico quanto à técnica apurada. Na verdade, embora seja expert em jiu-jítsu e muay tahi, ganhou devido a um boxe afiado e a uma vontade indômita. Ele tem 11 vitórias — seis delas por nocaute, o que é uma boa média — e já derrotou Reza Madadi e Andrew Holbrook.

Netto BJJ, se cuidar um pouco mais da defesa, vai longe. Muito longe.

Fonte e Matéria do Jornal Opção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *